Política de ódio II

Ponto e vírgula | Por Adriana Bezerra | 1 ano atrás | 333 |

A repercussão ela conseguiu. A cabeça de Roberto Maia, coordenador de Cidadania LGBT do Município, não.

O prefeito Luciano Cartaxo não só rejeitou o pedido de demissão de Eliza Virgínia, mas aproveitou o ensejo para elogiar o seu subordinado.

“Roberto está cumprindo um bom papel, tem feito um trabalho extraordinário e eu tenho dito que isto é importante. Fazer intermediação com as empresas de João Pessoa para que possam abriro mercado de trabalho para a população LGBT é muito importante. E é importante acabar com esse preconceito. Acredito que a Prefeitura está fazendo um papel importante nessa área e a melhor forma de superar qualquer dúvida ou divergência é dialogando, sentando e conversando no sentido de melhorar a vida das pessoas que precisam efetivamente da presença do poder público”, afirmou Cartaxo.