Política de ódio

Ponto e vírgula | Por Adriana Bezerra | 1 ano atrás | 349 |

De olho no voto mais conservador, a deputada Eliza Virgínia segue hasteando sua bandeira contra o universo LGBT.

Fuçando com lupa motes para atacar, ela conseguiu, agora, mais um intento:

Polemizar a política de geração de emprego para travestis, transgêneros, gays e lésbicas.

Com sua política de ódio, a representante dos bons costumes segue aquecendo corações e mentes em um País cada dia mais radical e segregado.